; O Blog da Coccinella: Abril 2008

terça-feira, abril 29, 2008

Às vezes, à mínima brisa, desmorono como um castelo de cartas.

segunda-feira, abril 28, 2008

Regime II

15 dias= menos 1,5kg e 4cm.

quarta-feira, abril 23, 2008

Regime

Se há uns dias atrás me perguntassem, diria que conseguia sobreviver a leite e pão. Não precisava muito mais que isso. Desde que comecei o meu novo plano alimentar, uma designação minha para dieta, pois não vejo bem como dieta, mas sim aprender a comer de forma saudável e que, aliado ao ginásio e às caminhadas, diminua o peso que a balança teima em marcar... Mas como estava a dizer, desde que comecei o meu novo plano alimentar que não bebo leite há exactamente 10 dias e a verdade é que não sinto falta. As únicas tentações mais fortes foram o bolo de chocolate da semana passada que teimava em chamar por mim debaixo do papel de alumínio e as miniaturas de hoje, mas tem sido fácil de levar. É claro que dez dias não são nada, mas estou decidida a levar isto tudo certinho, direitinho. Na segunda há consulta, vamos ver se já há resultados.

terça-feira, abril 22, 2008

À espera

Gosto de Saramago. Já li alguns livros e este é um dos meus preferidos, por isso, estou ansiosa para ver o filme.

Baú de recordações


Está um dia de chuva, dia de chuva
Está a chover lá fora
E não posso ir brincar
Senão ainda me vou molhar

Etiquetas:

segunda-feira, abril 21, 2008

Baú de recordações

Etiquetas:

OST

Durante a minha adolescência sempre sonhei ter um momento à filme com uma banda sonora apropriada para a situação... E ontem aconteceu. A caminho de casa depois de um serão muito agradável em casa das gurias, tive o meu momento à filme. Na rádio encontrei um dos meus pecados pop, que se adequava que nem uma luva com a minha disposição: a música de um lado e o meu Chocolate de outro (e o meu orgulho e amor próprio no meio).

quinta-feira, abril 17, 2008

Escolhas

Quando me pedem para escolher entre o Mickael Carreira e o Lucho González, a resposta é fácil. Agora quando a questão é entre os Muse e os Bon Jovi, as coisas já são mais difíceis. Pode ser que eu ganhe o Euromilhões e possa ir ver os dois.

terça-feira, abril 15, 2008

Ainda o mestrado

E todo o trabalho e todo o tempo se dá por bem empregue depois das notas lançadas. :D

domingo, abril 13, 2008

Confesso que não fazia ideia no que me ia meter ao inscrever-me no mestrado. Achei que seria uma boa ideia, que agora estava preparada para voltar a ter aulas e estudar. Se o tempo voltasse atrás... inscrevia-me na mesma. E sim, ando ko e de rastos desde Novembro. E sim, tenho que me dividir entre o trabalho, o mestrado, os trabalhos do mestrado, o ginásio, a família, a vida social e, principalmente, a minha sanidade mental. Mas já me disseram que no fim vai saber muito bem e que será como me tirarem um peso em cima. Agora sinto a satisfação de fazer algo por mim.

Dizem que menosprezo os acontecimentos da minha vida, mas para mim não é muito extraordinário fazer uma tatuagem ou organizar um desfile de moda. Ganhar o euromilhões, mudar de emprego, arranjar um namorado, ir para minha casa, isso sim, são acontecimentos em grande.

quarta-feira, abril 09, 2008

Música para introspectar #4

Etiquetas:

domingo, abril 06, 2008

Meio ano depois voltei ao antro e, tirando um ou outro pormenor da decoração, tido continua na mesma: as pessoas, a música, como se ali o tempo tivesse parado.

sexta-feira, abril 04, 2008

Ontem houve rock

E quem é que ia sendo toininha e ia ficando em casa mesmo com um bilhete à borlix, porque apesar de andar a chatear meio mundo, o meio mundo queria ir todo mas não podia ir, quem ia?? Pois que em boa hora decidi ir, mesmo sozinha, o que eu ainda não percebi se é um sinal de mulher fantástica e decidida ou de muito triste, vou ali cortar os pulsos e já venho. De qualquer forma, diverti-me muito, cheguei a casa com a mãos doridas de tanto bater palmas e com aquela felicidade depois de uma noite de rock.

Os melhores momentos... Humm, acho que não houve maus momentos, por isso, o preferido dos preferidos, Escape the Nest, com aquela guitarra desesperada no refrão. E o Tom Smith, que não é um mailindo lindo, mas que tem todo o estilo. ;)

Duas palavras: lin-do!

quinta-feira, abril 03, 2008

Se não me perder a caminho do Coliseu do Porto, hoje há rock.

terça-feira, abril 01, 2008

Olha, acabei de ganhar um bilhete para os Editors! :)

Vrrruumm

Um dos meus sonhos de criança era ser piloto de aviões da Força Aérea. É claro que isto não tinha naaaaaadaaaaa a ver com o facto de ter visto o Top Gun 500 mil vezes, claro que não. :) E isto veio a propósito de hoje terem passado a manhã toda a sobrevoar o Palácio de Versalhes. Ainda pensámos que era desta que iam deitar aqui uma bomba e ia tudo pelos ares, ainda mesmo antes de isto ser consumido pelas chamas inexistentes que teimam em disparar o alarme de incêncido que não está ligado a lado nenhum a não ser aqui mesmo ao Palácio e às nossas cabeças que ficam todas comidinhas com o barulho infernal, ainda mais logo numa segunda de manhã, em que ainda vimos com a preguiça do fim-de-semana em que não se fez rigorasamente nada. Mas quanto às bombas, acho que ninguém ia desperdiçar nenhuma aqui com a Casa Branca, pois se nem uma ligação aos bombeiros desperdiçaram, quanto mais uma bomba, isto que caia de podre. Mas tudo isto também porque está um dia lindo lá fora, cheio de sol e calor e eu aqui fechada no Palácio de Versalhes sem vontadinha nenhuma a não ser ir dormir para a relva ao pé do espelho de água suja que reflecte a magnitude do Palácio. Ou isso ou qualquer coisa do género, mas apetece-me tudo, menos estar aqui...